Novo Google Analytics em 4 passos

Introdução ao novo Google Analytics em 4 passos

Com essa nova experiência, o digital analytics nunca mais será o mesmo.

  • Ela usa o aprendizado de máquina como componente principal para gerar insights automaticamente com base nos seus dados, que você poderá usar para melhorar o marketing.
  • Entenda melhor o ciclo de vida completo do cliente, da aquisição à retenção, com dados unificados do app e da Web.
  • No futuro, essa experiência funcionará com ou sem cookies/identificadores para que você saiba mais sobre seus clientes mesmo se faltarem dados.

O novo Google Analytics

Milhões de empresas contam com o Google Analytics para entender as preferências dos clientes e criar experiências melhores para eles. Com o aumento do comércio online e negócios sob pressão crescente para fazer valer cada centavo investido em marketing, os insights das ferramentas de análise digital se tornaram mais importantes que nunca.

Mas, com grandes mudanças no comportamento do consumidor e o conceito de privacidade de dados, as abordagens atuais de análise não estão acompanhando o ritmo. Em uma pesquisa da Forrester Consulting, os profissionais de marketing disseram que melhorar o uso de análises é uma prioridade e que as soluções existentes ainda não são suficientes para uma visão completa do comportamento do cliente.

Diante disso, o Google apresentou um novo e mais inteligente Google Analytics. A ferramenta de estatísticas web mais famosa e utilizada no mundo, agora se baseia na propriedade App + Web, que já estava disponível versão beta no ano passado. Utilizando técnicas de machine learning, ele automaticamente apresenta insights úteis e fornece uma compreensão completa da jornada do cliente, em todos os dispositivos e plataformas.

Ele é projetado em cima da privacidadee dos dados, para que você possa contar com o Analytics, mesmo quando as mudanças do setor, como restrições a cookies e identificadores, criam lacunas em seus dados. O novo Google Analytics fornecerá os insights essenciais de que você precisa para estar pronto para o que vem por aí.

Como? Dividimos em 4 aspectos gerais para introduzir essa ferramenta gratuita:

1. Insights mais inteligentes para melhorar suas decisões de marketing e obter um melhor ROI

Ao aplicar as técnicas de machine learning, o novo Google Analytics pode alertá-lo automaticamente sobre tendências significativas em seus dados, como produtos que veem uma demanda crescente devido às necessidades de novos clientes. Ele até ajuda você a antecipar ações futuras que seus clientes podem realizar. Por exemplo, ele calcula a probabilidade de rotatividade para que você possa investir com mais eficiência na retenção de clientes em um momento em que os orçamentos de marketing estão sob pressão.

A inclusão de novas métricas preditivas é contínua. Um exemplo é a receita potencial que você pode obter de um determinado grupo de clientes. Isso permite que você crie públicos para alcançar clientes de maior valor e execute análises para entender melhor por que alguns clientes tendem a gastar mais do que outros, para que você possa tomar medidas para melhorar seus resultados.

Métricas preditivas Google Analytics

Métrica análise a probabilidade da não retenção de cliente

Com novas integrações entre os produtos de marketing do Google, é possível analisar os dados de forma mais ampla.

Uma integração mais profunda com o Google Ads, por exemplo, permite que você crie públicos que possam alcançar seus clientes com experiências mais relevantes e úteis, onde quer que eles decidam se envolver com sua empresa.

Essa mistura de dados, pode gerar um monte de número sem sentido e muita dor de cabeça se não for corretamente integrada. Mas, a ferramenta bem utilizada, abre novos horizontes.

Como por exemplo, o novo Google Analytics pode medir as interações do aplicativo e da web em conjunto, incluindo as conversões de visualizações engajadas do YouTube que ocorrem no aplicativo e na web em relatórios. Ver conversões de visualizações de vídeo do YouTube junto com conversões de canais pagos do Google e não-Google e canais orgânicos como Pesquisa Google, redes sociais e e-mail ajuda a entender o impacto combinado de todos os seus esforços de marketing.

Relatório EVC do Youtube no novo Google Analytics

Gráfico de conversão por engajamento em vídeo do Youtube: é possível entender qual canal tem mais chances de gerar venda

2. Uma visão mais completa de como os clientes interagem com sua empresa

O novo Google Analytics oferece dados centrados no cliente, ao invés de fragmentar por dispositivo ou por plataforma. Ele usa vários espaços de identidade, incluindo IDs de usuário fornecidos pelo comerciante e sinais exclusivos do Google de usuários que optaram pela personalização de anúncios, para fornecer uma visão mais completa de como seus clientes interagem com sua empresa. Por exemplo, você pode ver se os clientes descobrem primeiro sua empresa por meio de um anúncio na web e, depois, instalam seu aplicativo e fazem compras nele.

É possível também fazer uma melhor análise do cliente em todo o seu ciclo de vida, desde a aquisição até a conversão e retenção. Isso é crítico quando as necessidades das pessoas estão mudando rapidamente e você precisa tomar decisões em tempo real para ganhar - e manter - novos clientes.

Com base nos comentários dos próprios usuários, os relatórios foram reorganizados e prometem apresentar uma percepções de marketing intuitivamente com base na parte da jornada do cliente em que está interessado. Por exemplo, você pode ver quais canais estão gerando novos clientes no relatório de aquisição de usuários e, em seguida, use os relatórios de engajamento e retenção para entender as ações que esses clientes realizam e se eles permanecem por perto após a conversão.

Nova estrutura de relatórios organizada pelo ciclo de vida do usuário

Nova estrutura de relatórios organizada pelo ciclo de vida do usuário

3. Construído para o longo prazo

A mudança está cheia de pontos positivos, mas antes lembre-se de organizar a casa. A versão beta da ferramenta gerou uma série de comentários sobre duplicação de dados e relatórios não confiáveis, mas tudo depende da correta implementação. É a hora de investir em seus fundamentos de marketing digital, com análises mais inteligentes, e assim se preparar para o que vem a seguir.

Isso também o ajudará a responder às crescentes expectativas dos consumidores, às mudanças regulatórias e às mudanças nos padrões de tecnologia para a privacidade do usuário. Com uma nova abordagem para controles de dados, você pode gerenciar melhor como você coleta, retém e usa seus dados do Analytics.

Como o cenário tecnológico continua a evoluir, o novo Analytics foi projetado para se adaptar a um futuro com ou sem cookies ou identificadores. Ele usa uma abordagem flexível para medição e, no futuro, incluirá modelagem para preencher as lacunas onde os dados podem estar incompletos. Isso significa que você pode contar com o Google Analytics para ajudá-lo a medir seus resultados de marketing e atender às necessidades do cliente agora, mesmo diante das incertezas do futuro..

4. O futuro do Google Analytics

OO novo Google Analytics agora é a experiência padrão para novas propriedades e a equipe do Google vêm se dedicando em melhorias contínuas. A companhia entende que algumas mudanças precisam ser feitas pelos profissionais de marketing em um site, antes de substituir totalmente sua configuração existente do Analytics, portanto, incentiva a criar uma nova propriedade do Google Analytics 4 (anteriormente chamada de propriedade App + Web) junto com suas propriedades já existentes.

Isso permitirá que você comece a coletar dados e se beneficiar das inovações mais recentes à medida que se tornam disponíveis, enquanto mantém sua implementação atual intacta. É assim que Sites&Cia têm trabalhado com os nossos clientes. Após testes em nosso próprio site, implementamos a versão beta do novo Google Analytics em clientes nos quais a manutenção de dados é crítica. Os resultados têm sido positivos e não resta dúvidas de que a mudança era necessária.

E para você que ainda acha pouco, estamos de olho na versão beta do Analytics 360 que oferecerá SLAs e integrações avançadas com ferramentas como o BigQuery e terá mais para compartilhar em breve.

Faça seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios,